Chegada do WhatsApp Pay no país revela características do mercado brasileiro

Especialista da ESPM aponta três particularidades que pesaram na escolha do Brasil como mercado teste do WhatsApp Pay.

O grande número de brasileiros conectados à internet, a crescente quantidade de usuários do WhatsApp e a popularização das plataformas de pagamento eletrônico são os três fatores que favoreceram a escolha do Brasil como mercado teste para o WhatsApp Pay.

Esse é o novo recurso de pagamento e transferência de dinheiro entre usuários do aplicativo. A análise é de Willian Rocha, professor de redes sociais da ESPM Rio.

“O Brasil tem cerca de 70% de sua população conectada e possui a maior penetração no uso do WhatsApp no mundo”, informou Rocha. Ele lembra que os dois maiores aplicativos de mensagens do mundo são do Facebook.

“O Facebook Messenger é muito utilizado na Europa e nos Estados Unidos, diferente do que acontece aqui, em que o WhatsApp é o destaque.”

WhatsApp é apenas mais um meio digital para movimentações financeiras

Cada vez mais as movimentações financeiras estão migrando para o digital, além dos aplicativos bancários. Iniciativas como PagSeguro, AME ou PicPay ajudam a popularizar as plataformas de pagamentos on-line.

“Há uma significativa geração de novos consumidores de produtos derivados de fintechs no Brasil, mercado que vem se consolidando desde 2018”, diz Rocha.

WhatsApp pay
WhatsApp Pay: Brasil é o primeiro país a receber o recurso

A China, um dos maiores polos de inovação do mundo, já havia incorporado essa funcionalidade de pagamento apresentada pelo WhatsApp Pay há alguns anos no Wechat, serviço multiplataforma de mensagens instantâneas.

Para o especialista essa é uma tendência que já estava acontecendo há muito tempo na China e, apesar da demora, começa a ser aplicada no Brasil.

Como funciona o WhatsApp Pay

A partir do dia 15 de junho de 2020, o facebook, proprietário do aplicativo WhatsApp, anunciou o recurso no Brasil. A função de pagamento via mensagens ainda não chegou em massa e está sendo distribuída em lotes.

A função permite transferir dinheiro para pessoas físicas ou realizar compras em estabelecimentos pelo próprio aplicativo. A China foi idealizadora do negócio, há alguns anos atrás, através do aplicativo WeChat.

Veja outras matérias:

Negócios poderão usar o recurso pelo WhatsApp Business, que é uma outra versão do app, também disponível gratuitamente para Android e iOS. Cada transação terá uma taxa de 3,99% e o dinheiro será recebido em até dois dias úteis.

As transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Banco do Brasil, Nubank e Sicredi nas bandeiras Mastercard e Visa.

Segundo Rodrigo Ricco, CEO e fundador da Octadesk, o timing foi perfeito para a função começar a rodar no país. Segundo levantamento interno da Octadesk, a interação entre clientes e empresas no aplicativo (WhatsApp) teve um aumento de 500% no período de isolamento em decorrência da Covid-19.

Atualmente, a Octadesk já auxilia mais de 1.500 empresas clientes com a função de WhatsApp Business e já realizou 3, das 4 etapas para agregar a função do WhatsApp Pay a realidade das empresas.

Já foi feita a captação da demanda vinda do WhatsApp, a criação do relacionamento com o cliente por meio do canal e a manutenção. A última etapa será o processo de transação.

Sobre a ESPM

A ESPM é uma escola de negócios inovadora, referência brasileira no ensino superior nas áreas de Comunicação, Marketing, Consumo, Administração e Economia Criativa.

Seus 12 600 alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação e mais de 1 100 funcionários estão distribuídos em oito campi – quatro em São Paulo, dois no Rio de Janeiro, um em Porto Alegre e um em Florianópolis.

O lifelong learning, aprendizagem ao longo da vida profissional, o ensino de excelência e o foco no mercado são as bases da ESPM.

Sobre a Octadesk

A Octadesk é uma startup que ajuda empresas a venderem mais e também a atenderem melhor, usando o WhatsApp como ferramenta foco. Rodrigo Ricco, passou por empresas como Coca-Cola, Arthur Andersen e Accenture. Empreendeu pela primeira vez em 2004 quando, ao lado de outros sócios, fundou a Essence IT e auxiliou a marca a ingressar entre os 3 principais parceiros oficiais da SAP no Brasil e alcançar um faturamento anual de R﹩80 milhões.

Ao longo da sua trajetória Rodrigo Ricco desenvolveu habilidades em planejamento estratégico e Marketing, cultura corporativa, vendas e desenvolvimento de produtos e soluções SaaS, o que o ajudou a conquistar uma base de 1.500 empresas clientes para a Octadesk. Mais detalhes em sua página no LinkedIn.

5 2 votes
Article Rating
Inscreva-se
notificar:
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] recurso, chamado de WhatsApp Pay, foi anunciado no Brasil em 15 de junho. Por meio dessa função seria possível fazer e receber […]