https://cafecomreview.com.br
Sony Xperia M5 dual surpreende com vários recursos

O Xperia M5 dual foi lançado por R$ 2.499,00. Mas com o término da lei de incentivo a smartphones e computadores construídos no país e também com o preço do dólar na lua, esse preço ainda pode aumentar. É um aparelho caro sim, aliás, smartphones no Brasil estão cada vez mais difíceis de comprar, não é caso apenas da Sony.

Tempos atrás era comum encontrarmos vários reviews criticando os preços dos smartphones da Sony (inclusive os meus reviews). Mas nos dias de hoje seria injusto criticar os preços da empresa. Afinal, grandes fabricantes como Apple, Samsung e LG estão com os preços muito elevados de seus smartphones flagships.

Design – mantendo o que deu certo

O acabamento lembra muito a linha Z da Sony, com bordas curvas e cantos também arredondados. O design continua um monolito, com a traseira lisa brilhante coberta por vidro, tornando o visual super clean e, por isso mesmo, mantendo a elegância e ergonomia da linha Z.

xperia_M5_dual_front
Sony Xperia M5 Dual. A fabricante manteve o design clean herdado da linha Z

Suas dimensões são de 14,5 x 7,2 x 0,76 cm (AxLxP) e pesa 142 gramas.

Só faltou mesmo ser a prova de quedas. Aliás, é minha opinião sobre esse design: não chega a ser frágil, porém, em uma queda ele pode se estragar muito. Bom dizer que o acabamento lateral do M5 é feito de plástico.

xperia_M5_dual_back
Parte traseira do Xperia M5 Dual. Sony manteve o acabamento em vidro. É elegante, bonito, mas em uma queda, a chance de trincar é grande.
xperia_M5_dual_botões
Detalhe da lateral direita do Xperia M5 Dual. O botão de controle de volume e liga/desliga estão mais ao centro. O terceiro botão é para o acionamento da câmera. É muito útil quanto está embaixo d’água.
xperia_M5_dual_chips_perto
No lado esquerdo está o acesso aos chips de telefonia e catão micro SD. A porta é vedada para não entrar água.
xperia_M5_dual_chips
Detalhe da entrada de cartão micro SD e chips de telefonia do Xperia M5 Dual

Configuração top

O bom é que o  Xperia M5 dual é um ótimo aparelho. Usa processador Mediatek MT6795 Helio X10 de oito núcleos trabalhando a 2 GHz, tem 3 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno, sendo possível expandir para mais 200 GB por meio de cartão micro SD. A GPU (processador gráfico) é uma PowerVR G6200.

Em conectividade, conta com os tradicionais Wi-Fi a/b/g/n, Bluetooth 4.1 e NFC, além do GPS auxiliado por A-GPS e GLONASS e suporte a dois chips de telefonia (2G/3G e 4G).

O Android instalado é o 5.0 (Lollipop) e a Sony já informou que está elegível para receber a versão 6.0 (Marshmallow).

E para quem curte rádio, vem com sintonizador FM sem a necessidade de aplicativos e uso de dados.

Desempenho

Com essa configuração eu não tinha dúvidas de que o M5 Dual rodaria bem qualquer aplicativo ou jogo. E foi o que aconteceu. Rodei jogos como Real Racing 3, Modern Combat 5 e Mortal Combat X.

Foi mais do que suficiente para mostrar que o M5 Dual dá conta do recado para processar cálculos em gráficos, aritméticos e lógicos.

Quanto aos aplicativos comuns, o legal saber é que o M5 se saiu muito bem na multitarefa, alternando entre aplicativos sem engasgar ou travar. O Android customizado pela Sony é bem dimensionado e tudo flui muito bem.

Também rodei benchmarks, que são aplicativos que mensuram a capacidade de processamento aritmético e gráfico, o acesso à memória e ao armazenamento.

Eles são interessantes para fazr comparações com outros aparelhos, inclusive são gratuitos e você pode baixar no seu smartphone para fazer a comparação com o M5 Dual.

Os benchmarks que rodei foram o PCMark, o 3DMark, o Antutu e o Quadrant. As telas devidamente capturadas estão abaixo.

Tela

O display usa tecnologia IPS LCD com tamanho de 5 polegadas, resolução full HD (1920 x 1080 pontos) e densidade de 441 pontos por polegada.

Posso dizer com tranquilidade que os testes que fiz com jogos e vídeos se traduziram em ótima experiência.

As cores são vibrantes e a definição das imagens é precisa oferendo ótimo conforto visual. A leitura de textos, mesmo com caracteres pequenos também é tranquila.

O que achei mais importante nesse caso é a rolagem de tela fluida, sem “engasgos”, porque assim você acompanha precisamente o que está lendo. A rolagem é fluida também quando acessamos a timeline de apps como instagram, facebook, twitter, por exemplo.

O processador também ajuda nessa operação por ser rápido, mas também é mérito da tela oferecer precisão quando tocamos para fazer rolagem e movimento de zoom.

Câmeras

É fato que as câmeras dos smartphones da Sony tiram excelentes fotos. E ainda bem que o M5 manteve essa tradição.

A câmera principal traz 21,5 megapixels de resolução e faz vídeos em full HD (30 fps e 60 fps) e 4K. A câmera frontal é de 13 MP e faz vídeos em full HD (30 fps).

Esses altos valores que impressionam quando a gente lê, não teriam significado algum se os resultados de vídeos e fotos não forem, no mínimo, bons.

Felizmente a Sony manteve a tradição no M5 Dual e a qualidade das fotos e vídeos são ótimas. Melhor do que falar, basta mostrar abaixo os exemplos feitos abaixo.

O que é legal comentar aqui são as opções do software da câmera. O modo automático é, sem dúvida, o melhor para utilizar. O foco automático funciona rápido e assim a chance da foto sair tremida é mínima.

Além disso, é possível brincar com a profundidade de cena. Basta clicar na tela no objeto (assunto, na linguagem de fotografia), e o foco será mantido nesse assunto, deixando a parte de trás desfocada ou vice-versa. É um dos efeitos de fotografia que mais chama a atenção e o M5 dual consegue atingir um ótimo resultado.

Existe também o modo manual, porém, não é possível ajustar tempo de abertura. E isso é um dos recursos mais legais de ajustar, pois é possível fazer fotos noturnas com mais nitidez e também brincar com efeitos de rastros de luzes. Uma pena a Sony não ter inserido essa opção.

Na parte de vídeo vale elogiar a qualidade e a estabilização. Destaque também para o modo time shift em que é possível escolher a parte do vídeo em que se deseja colocar em câmera lenta. É possível reduzir a velocidade da cena em 8, 4 ou 2 vezes e o resultado é fluido.

E a câmera frontal faz excelentes selfies com os 13 MP de capacidade. Mas não é apenas pelos altos megapixels, mas sim pela qualidade da lente. Repare na foto em detalhe que ela possui uma abertura grande, que, em muitos telefones, seria uma câmera principal.

Outro detalhe é o ângulo em que a lente frontal consegue captar as imagens. Dessa forma é possível inserir mais pessoas na selfie; o que a torna uma foto wefie, e assim não é preciso do tradicional pau de selfie.

A filmagem da câmera frontal atinge uma ótima qualidade e filma em full HD. É uma excelente opção para quem faz vlogs ou outro tipo de vídeo em que a pessoa filma a si próprio, pois é possível ver a imagem na tela durante a gravação, o que é ótimo para monitorar a filmagem e verificar se está tudo ok, como luz, enquadramento e o próprio locutor.

foto-externa-na-agua
É possível brincar com o foco: repare que a câmera focou no rosto e deixou o fundo desfocado. É um efeito muito interessante que nem todos os smartphones possuem.
xperia M5 dual foto
O Xperia M5 Dual se sai bem nas fotos de paisagem. Os cantos da foto não distorcem, o que mostra uma lente com boa abertura.
foto-macro
Exemplo de foto em modo macro.
pouca-luz
Mesmo com pouca luz a foto sai estabilizada, sem rastros.
xperia M5 dual
Foto em ambiente com pouca luz. A única iluminação vinha do aquário.

TV digital de alta definição

O Xperia M5 dual também vfem com TV digital no padrão HD. Isso é um diferencial no mercado. O único concorrente no Brasil que tem essa capacidade é o Asus Live.

O software da TV é bem fácil de usar, basta começar a busca pelos canais e ele deixa a lista pronta automaticamente.

xperia_M5_dual_TV_canais
O Xperia M5 vem com TV digital em alta definição. Na foto é possível ver a lista de canais e o cabo que serve como antena. Um tanto deselegante, porém, só assim para poder ouvir no alto-falante do aparelho. O cabo também possui conector para plugar um fone de ouvido.

Achei interessante a tela que mostra miniaturas dos programas que estão passando no momento em que você liga a TV. O padrão 1-seg (segmento da TV digital para dispositivos móveis com baixa definição) também está presente.

Isso é uma boa opção, pois quando estiver difícil de sintonizar os canais em alta definição, o modo 1-seg é acionado. O modo de alta definição costuma ser muito difícil de sintonizar quando estamos em movimento, quando dentro de um carro ou ônibus, por exemplo.

xperia_M5_dual_TV_digital_HD
Exemplo de um canal aberto sintonizado em alta definição

Um detalhe muito importante é que o M5 Dual precisa de um cabo conectado no plugue de fone ouvido para usar a TV. Esse cabo acompanha o produto e serve como antena.

Você não vai precisar dele se quiser ver a programação com fone de ouvido, já que servirá como antena também. Mas caso queira usar o alto-falante do M5 Dual, então o cabinho é necessário.

>>> Conheça também o Asus Live, outro smartphone com TV digital de alta definição

Pode deixar o M5 Dual cair na piscina

Não é a primeira vez que a Sony faz um smartphone à prova de água e poeira. Os modelos Z3, Z3 compact e o M4 Aqua já podiam ser mergulhados na água e continuavam a funcionar perfeitamente.

O M5 dual também é um exímio mergulhador também graças as normas IP65 e IP68, que certificam que um produto é resistente à entrada de poeira, jato de água e imersão até 1,5 metro de profundidade.

O importante a citar é que, caso você leve o M5 Dual para a piscina, ele não entenderá os toques na tela, porque os sensores entendem o contato da água como um toque.

Mas a Sony foi esperta e colocou um botão físico no lado do aparelho para que seja possível tirar fotos embaixo da água. E isso é bem legal. E para provar que é à prova de água, fiz o vídeo abaixo.

Duração de bateria

O M5 Dual é munido com uma bateria de 2.600 mAh e não há acesso à ela, pois o aparelho não possui tampa. Para verificar a duração, eu uso meu teste padrão.

O aparelho foi retirado do carregador às 7 hs da manhã. Durante o dia tirei dez fotos, fiz um vídeo de cinco minutos e visualizei os resultados por 15 minutos. Em seguida, usei o GPS por 30 minutos, além de fazer chamadas no total de 30 minutos e de navegar na Internet por cerca de três horas (sites, e-mails e redes sociais). Por fim, joguei por 20 minutos e assisti a vídeos no YouTube por 10 minutos. Às 19:00 hs, restavam 15% de carga.

Portanto, será possível usar os recursos do aparelho durante o dia de trabalho. Com uso moderado das funções é possível ir até o fim da noite, mas eu não arriscaria deixar o M5 Dual sem carregar durante a noite. Porque é bem provável que seja necessário carregar a bateria logo de manhã.

Conclusão

O Xperia M5 Dual é caro, mas tem configuração topo de linha. Portanto, não dá para falar mal do preço, já que todos os aparelhos topo-de-linha no Brasil está com preços exorbitantes, devido a alta do dólar e extinção da lei que favorecia aparelhos montados no Brasil. O desempenho do aparelho garante que aplicativos pesados vão rodar sem “engasgos” como descrevi no texto. A tela tem ótimo tamanho para ler textos e ver imagens com conforto. A Sony manteve o design monolítico de sua linha anterior de smartphones, o que foi bom, pois a ergonomia agradece e é confortável para segurar.

A câmera é o ponto alto do M5 Dual, tanto a principal, quanto frontal. Obteve qualidade ótima de fotos no modo automático (veja os exemplos no texto acima) e com recursos manuais em que é possível brincar com o foco e inserir efeitos. Mais dois destaques do M5 dual são: sintonia de TV digital de alta definição e a certificação IP 67 /68, que garante que ele é à prova de água. Assista o vídeo que fiz mergulhando o Xperia M5 dual.

Ele usa rede 4G e suporta dois chips. A duração de bateria é comum à maioria dos smartphones: dura um dia.

Pontos fortes: à prova de água e poeira, TV digital de alta definição, ótimo desempenho, ótima câmera, design ergonômico e elegante.

Pontos fracos: apesar de bonito, não é tão resistente. Acabamento de vidro na parte de trás pode quebrar facilmente em uma queda

Especificações do Xperia M5 Dual

  • PROCESSADOR: MediaTek Helio X10 (Octa-core, 64 bits a 2 GHz)
  • GPU: PowerVR G6200
  • MEMÓRIA RAM: 3 GB
  • ARMAZENAMENTO INTERNO: 16 GB (expansível para mais 200 GB com cartão micro SD)
  • TELA: 5″, tecnologia IPS, resolução full HD (1920 x 1080), densidade de 418 dpi
  • CÂMERAS: Sensor Sony, resolução de 21,5 MP na principal e 13 MP na frontal
  • BATERIA: 2.600 mAh
  • SISTEMA: Android 5.0 (elegível para receber a versão 6.0 – Marshmallow)
  • DIMENSÕES: 14,5 x 7,2 x 0,76 cm (AxLxP)
  • PESO: 143 gramas
  • REDE: 4G e dual chip
  • EXTRAS: TV digital de alta definição e à prova de água (suporta até 1,5 metro de profundidade)

Deixe um comentário

avatar
800
  Subscribe  
notificar:
Fechar Menu