Marte: o planeta visto pelo veículo mais resistente da humanidade
Imagem: Nasa/JPL

Marte sempre foi o planeta mais cobiçado para ser explorado. Vários países já enviaram missões ao planeta vermelho, inclusive com sondas robóticas para explorar a superfície do planeta vermelho.

E ainda continuam explorando. A Nasa enviou, em julho de 2012, a Curiosity, que continua explorando a superfície de Marte até hoje. Recentemente, em julho de 2020, enviou outra, chamada Perseverance, que deve chegar à Marte em fevereiro de 2021 e auxiliar na exploração. Aliás, é possível acompanhar a chegada dela nesse link da Nasa e também saber tudo sobre ela.

Porém, vale destacar uma sonda robótica:

A sonda espacial MER-B (Mars Exploration Rover – B), batizada de Opportunity, e até apelidada de Oppy, pousou em Marte em 2004 e encerrou seus trabalhos em 2018. Foram 14 anos de atividade de um veículo-robô circulando em outro planeta, sem qualquer intervenção humana, fisicamente falando.

É inegável que foi um feito e tanto. Estou falando da capacidade humana. De onde conseguimos chegar. Desde enviar uma máquina à Marte, em uma viagem que durou sete meses, em seguida pousar em uma atmosfera diferente e ainda com segurança, para não espatifar o robô, que teria um trabalho importante a fazer no Planeta Vermelho.

Marte - Sonda Opportunity
Sonda Opportunity, a “Oppy”, ficou 14 anos explorando Marte (ilustração: NASA/JPL-Caltech)

De 90 dias para 14 anos

A parte realmente boa da história foi a extensão do tempo de trabalho da Opportunity. O plano da Nasa era para a Oppy explorar geograficamente uma pequena região de Marte por apenas três meses.

Mas, com um plano de engenharia e com muitos cuidados ao manusear a sonda remotamente, a Oppy continuou a explorar e a enviar dados para a Nasa durante 14 anos. Foram mais de 228 mil imagens e, graças a ela, foi possível descobrir que Marte teve água e também condições para manter uma vida, mesmo que não seja humana.

Como o planeta vermelho tem órbita semelhante à da Terra, as baterias solares da Oppy eram recarregadas durante o dia. Ela conseguiu percorrer mais de 45 quilômetros.

Veja mais matérias nesse link

Parece um percurso curto pelo tempo em que ela ficou no planeta vermelho. Mas mover um veículo de 185 quilos e do tamanho de um carro, tendo que percorrer terrenos difíceis e enfrentar constantes tempestades de poeira, foi algo impressionante.

E é preciso lembrar que as tecnologias utilizadas no hardware da Oppy foram desenvolvidas em 2004.

Outro detalhe: a Oppy só foi considerada como perdida, depois que foi pega por uma das piores tempestades de poeira em julho de 2018. A poeira ficou tanto tempo na atmosfera, que a falta de luz solar acabou por drenar a energia das baterias. Depois de várias tentativas da Nasa para obter contato, foi decidido abortar as operações com a Opportunity.

Marte: a visão do planeta pela sonda Opportunity

O vídeo abaixo, do cineasta norte-americano John D. Boswell, também conhecido como melodysheep, usa imagens capturadas pela sonda Oppy. A música foi composta usando os sons dos ventos marcianos para prestar homenagem ao veículo mais resistente até agora (2020) – e, por extensão, aos responsáveis por sua inspiradora viagem.

Em 2 minutos, o cineasta fez um compêndio das imagens feitas durante os 14 anos de atividade da Oppy, até mesmo sua última imagem, que foi quando a derradeira tempestade a atingiu.

A mensagem dramática final no vídeo, provavelmente foi uma interpretação do cineasta, usando licença poética para finalizar a história com um toque de humanidade. Valeu como um marco histórico da capacidade do ser-humano e que este site deixa registrado nessa matéria.

É bem provável que a sonda Curiosity e a Perseverance consigam ultrapassar o tempo de vida da Oppy. Pois, mesmo que aconteça alguma tempestade, suas baterias usam energia nuclear. Mas, por enquanto, a primeira a ficar tanto tempo em operação, foi a Oppy.

Nem meu carro, o qual faço manutenções periódicas, não creio que chegue a 14 anos… :)) Assista ao vídeo e deixe seus comentários aqui na matéria.

Vìdeo com as últimas imagens do veículo espacial MER-B, também conhecido como Opportunity, ou, Oppy
5 1 vote
Article Rating
Inscreva-se
notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments