https://cafecomreview.com.br
Inteligência Artificial já está ao alcance de nossas mãos

A Inteligência artificial, também conhecida pela sigla IA, é a bola da vez no mundo da tecnologia. A capacidade de processamento das CPUs (Central Processing Unit – Unidade Central de Processamento) de um computador chegou a níveis muito elevados.

E assim os programadores e analistas puderam desenvolver softwares mais complexos. E em consequência os sistemas ficaram mais inteligentes.

O que é IA e como ela já chegou até nós, consumidores

A Inteligência Artificial é o estudo e desenvolvimento de máquinas inteligentes e programas de computador capazes de simular a inteligência humana. Portanto, são sistemas (hardware e software) que conseguem resolver tarefas atribuídas a eles usando inteligência semelhante à nossa.

A IA vem crescendo para ajudar a criar e aprimorar muitas das conveniências tecnológicas que desfrutamos hoje, como software de reconhecimento facial e pesquisa preditiva nos mecanismos de buscas na internet. Até as recomendações musicais do Spotify, por exemplo, são uma forma de IA.

Como uma máquina pode aprender comandos?

E chegamos a um ponto de evolução em que se torna possível fazer uma “máquina aprender” comandos, gestos, e até mesmo tomar decisões por si só. Isso é mais um braço da IA, chamado de Machine Learning (Aprendizado de máquina, ou, apenas AM).

Com o aprendizado de máquina, você não está simplesmente instruindo um computador a executar uma tarefa. Em vez disso, o AM envolve ensinar máquinas, geralmente computadores, a pensar e agir (um pouco) de forma independente.

São utilizados algoritmos muito complexos para que eles possam executar suas tarefas tomando suas próprias decisões com base na análise de dados já alimentadas no próprio sistema. Dessa forma, a presença do ser-humano torna-se desnecessária para realizar algumas tarefas em que exigem tomada de decisões.

E o que torna um smartphone mais inteligente?

O uso de algoritmos do AM, sem dúvida, ajudou a empurrar a IA para a vanguarda da tecnologia, uma vez que esteve presente em alguns dos maiores setores de tecnologia de consumo, incluindo mídias sociais, compras on-line, chegando aos nossos smartphones.

Até mesmo smartphones intermediários com preços abaixo de R$ 800 ganharam recursos de IA para tirar melhores fotos, fazer reconhecimento facial, gerenciar melhor a energia da bateria e aproveitando mais o poder de processamento do processador.

Um bom exemplo de smartphone nessa faixa de preço é o LG K12+. Ele utiliza um processador da Mediatek, o Helio P22, com oito núcleos e que trabalha na velocidade de 2.0 GHz.

A inteligência artificial da CPU da Mediatek

O processador Helio P22 fornece a inteligência artificial para as câmeras do LG K12+. dessa forma, a principal, com 16 MP de resolução, e a frontal, com 8 MP, usam a IA para reconhecer até 8 tipos de cenas (cidade, paisagem, pôr do sol, flor, alimentos, animal de estimação, pessoas e modo automático).

Processador Helio P22, da MediaTek: Inteligência artificial para smartphones intermediários

A lente capta o tipo de imagem e o algoritmo de IA presente no Helio P22 reconhece objetos, cenas e ajusta o brilho, contraste e taxa de exposição para obter a melhor foto do assunto que está sendo focado.

Veja também: LG K12 Prime e LG K12 Max – os irmãos mais novos do LG K12+

A câmera frontal também tira vantagem da IA do processador da MediaTek. Com as tecnologias Imagiq e NeuroPilot dessa CPU, o K12+ tira fotos no modo retrato simulando o famoso efeito Bokeh, em que o fundo fica desfocado, dando destaque à pessoa, mesmo sem ter uma segunda câmera. Tudo isso em um aparelho que custa menos de R$ 800.

Por meio da IA presente na CPU Mediatek, o LG K12+ consegue reconhecer cenas e ajustar os parâmetros para obter a melhor imagem

A inteligência artificial também ajuda a economizar energia

A bateria do LG K12+ tem capacidade de 3.000 mAh e também é gerenciada pela tecnologia CorePilot do processador Helio P22. Isso é outro algoritmo de IA que consegue ajudar o sistema Android a gerenciar melhor a energia.

vídeo mostra como o processador da MediaTek usa Inteligência Artificial no smartphone LG K12+
(Clique no centro da imagem para assistir)

Ela desativa apps em segundo plano que não estão sendo utilizados e leva em conta também a temperatura da CPU para habilitar somente a quantidade de núcleos necessários para a demanda do momento.

Como pudemos ver, a inteligência artificial não é algo específico somente para sistemas complexos. Aliás, ao contrário: ela também já está nas nossas mãos, literalmente, nos smartphones, inclusive nos modelos intermediários.

Para mais informações sobre os processadores e outras tecnologias que a MediaTek desenvolve, acesse o site da empresa.

2
Deixe um comentário

avatar
800
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
mais novo mais antigo Mais votado
notificar:
trackback

[…] A Inteligência artificial já chegou em suas mãos e você não sabia […]

trackback

[…] Inteligência artificial: ela já está em nossas mãos […]

Fechar Menu