https://cafecomreview.com.br
Aprender dança do ventre à distância? A tecnologia te ajuda

Nos dias de hoje, quando queremos solução para alguma coisa – e praticamente qualquer coisa – basta buscar um app em seu smartphone. Quer aulas de fitness? Há milhares de apps. Aulas de dança do ventre? Pode ter certeza que há quilos de apps sobre o assunto.

E que tal um app brasileiro de uma artista conceituada sobre a arte da dança do ventre?

A bailarina e coreógrafa Elizabeth Bispo (mais conhecida como Nurah Samah), lança este mês um aplicativo gratuito (com compras dentro do app) para smartphones (Android) com aulas de Dança do Ventre a distância. O lançamento oficial acontecerá no dia 15 de junho de 2019, às 19h00, em um sarau na casa de chá paulistana Khan el Khalili. O app em versão final estará disponível para Android a partir de 17 de junho.

Veja também: Aplicativo elimina necessidade de ter conta em banco

Em desenvolvimento desde 2016, o aplicativo Nurah SDance promete facilitar o acesso à Dança do Ventre para iniciantes por meio de videoaulas práticas e rápidas. A plataforma também permite conectar escolas e professores de todo o Brasil para formar parcerias e auxiliar com referências em metodologia e didática.

A bailarina e coreógrafa Elizabeth Bispo, que está lançando app para facilitar o aprendizado de dança do ventre

Segundo Nurah Samah, o objetivo deste projeto é despertar a paixão pela dança em novos alunos de forma descomplicada. “O ensino a distância permite estimular o interesse de pessoas que nunca dançaram. A aluna também pode ingressar em uma aula presencial com algum de nossos parceiros e se aprofundar na arte”, afirma a professora.

Formato do aplicativo

Além de aulas gratuitas e pagas, o aplicativo Nurah SDance também conta com quizzes, fórum para dúvidas e listas de parceiros. O download é gratuito, com possibilidade de compras dentro da plataforma.

Telas do App Nurah Sdance, para aprender dança do ventre online

A projeção de Nurah e sua equipe é de ser referência em Dança do Ventre a distância não só no Brasil, como também na América Latina. A professora aposta na Internet como uma oportunidade para combater o sedentarismo e aumentar a autoestima de seus alunos.

“Estou desenvolvendo formatos de aulas de dança adaptados para outros aplicativos, como o WhatsApp. São formados grupos com no máximo até dez pessoas. É marcado o horário, trocamos vídeos, tiramos dúvidas e treinamos pelo aplicativo. É a mesma dinâmica que uma aula presencial, só que online”, garante.

No evento do dia 15 de junho, já citado no primeiro parágrafo, haverá apresentações de Dança do Ventre, Tribal Fusion e Dança Cigana. Além de Nurah Samah, apresentam-se outras 19 bailarinas. Dentre elas, convidadas, professoras e alunas do Studio Vale das Rainhas. Para quem quiser conhecer uma versão prévia do app, antes do dia 15, basta acessar esse link.

Deixe um comentário

avatar
800
  Subscribe  
notificar:
Fechar Menu